Mercearia do Conde lança cumbucas da estação

Na cumbuca. Esse é o espírito do novo menu de jantar da Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano. Grandes receitas, em pequenas porções. Nada mais reconfortante do que uma garfada ou uma colherada direto da cumbuca fumegante. Com ingredientes da estação, o cardápio terá sempre quatro versões: brasileira, oriental, do mar e vegana, com preços de R$ 48 a 55.

Porções menores que os tradicionais e fartos pratos da Mercearia do Conde, colorida casa de esquina na Sampaio Vidal com a Joaquim Antunes e prestes a completar aniversário de 28 anos. Perfeitas para quem está de dieta, para quem quer fazer um jantar mais leve ou simplesmente quer degustar mais de uma porção. As receitas são servidas em louças bem brasileiras, desenvolvidas pelo ateliê paulistano Muriqui. Pratos fundos ao estilo de cumbucas, com texturas rústicas, valorizando a cerâmica e o seu processo artesanal.

 Para a temporada de inverno, a chef Maddalena Stasi criou quatro receitas de cumbucas: Brasileirinha (fricassé de frango com pinhões, polenta cremosa e quiabo crocante, R$ 52), Do Mar (sopa  marselhesa de peixe, lulas e camarões com tomate e erva-doce. Servida com crostini de pão rústico ao azeite de ervas, R$ 55), Vegana (ensopado iraniano de legumes com especiarias, minicebolas agridoces, berinjela dourada, cuscuz  marroquino e amêndoas, R$ 48) e Oriental (filetitos ao shoyu com moyashi e nirá, arroz basmati bem temperado e crispie de gengibre, R$ 55). Para comer com hashi ou a garfadas, sem perder a linha.